Category: Networks

Region: América Latina

Translations: en, es, pt

3 min read

A transformação digital está dando forma ao mercado corporativo de serviços de comunicação.

Written on 09 Aug 2018


Há dez anos, somente 22% da população na América Latina, tinha acesso a Internet. Hoje, mais de 50% está conectada. Grande parte desta mudança se deve a melhora na infraestrutura dos sistemas de comunicações e o aparecimento de celulares inteligentes

Segundo a GSMA, em 2016, os celulares inteligentes constituíram 55% das conexões móveis na região e se espera que esteja por cima de 70% nos próximos anos.

Este crecimiento exponencial, está impulsionando um novo interesse em digitalizar a região. Entretanto, enquanto muitos mercados na América Latina tem crescido economicamente nos últimos anos, outros seguem limitados pelas altas taxas de pobreza e a infraestrutura deficiente, impedindo que os consumidores e as empresas aproveitem as oportunidades nas zonas mais ricas e urbanas.

A transformação digital está mudando esse paradigma, abrindo as portas para o desenvolvimento de novos serviços e aplicações que possam facilitar uma conectividade com mais presença. Por isso, já começaram a aparecer na região provedores de serviços de telecomunicações, operadores cloud, desenvolvedores de aplicações e negócios digitais, para citar alguns exemplos nos seguintes setores:

  • Rede bancária móvel: Mais da metade da população da América Latina não está bancarizada e não conta com acesso ao sistema financeiro tradicional, limitando sua capacidade de realizar transações seguras e de construir estabilidade financeira. As tecnologias digitais tem o poder de mudar essa situação, possibilitando serviços financeiros e  transferências de dinheiro de maneira móvel, e trazendo ingressos antes não explorados a bancos e instituições financeiras.
     
  • Educação: Segundo a associação educativa sem fins de lucro WorldFund, aproximadamente 22,2 milhões de crianças e adolescentes en América Latina, ou não vão à escola ou estão em risco de abandoná-la cada ano. Os estudantes que vivem em regiões remotas ou empobrecidas são os que mais correm esse perigo. Por isso, a educação a distância tem o potencial de diminuir esta brecha educacional, não somente em níveis primários e secundários, mas también em âmbitos superiores, fazendo com que a  educação universitária seja acessível a uma maior parte da população.
     
  • Saúde: Em muitos países da América Latina, a atenção médica de alta qualidade segue estando fora do alcance da maioria das pessoas, à exceção dos setores mais ricos, especialmente em zonas rurais que carecem de instalações de saúde. Hoje em dia já existem iniciativas de saúde digital como redes de telemedicina, capacitação virtual para profissionais médicos e registros de imunização eletrônica, para estender os serviços de saúde a  regiões mais remotas e afetadas pela pobreza.
     
  • Cidades inteligentes: América Latina se caracteriza por uma alta e crescente concentração urbana, que traz grandes desafios em matéria de segurança, qualidade habitacional, sanitária e a problemas de trânsito. As iniciativas das cidades inteligentes como a gestão de tráfico, o controle de delito, o voto online, e a energía inteligente, podem contribuir ao uso mais eficiente dos recursos urbanos, a melhorar a qualidade de vida e a reduzir a burocracia governamental.

Muitas destas iniciativas já possuem resultados exitosos. Telefônica Vivo, por exemplo, oferece serviços de monitoração de saúde a pacientes com doenças crônicas, e tem reduzido os custos dos mesmos em 30% para companhias privadas e proveedores de atenção médica. Enquanto, Entel, trabalha com governos locais no Chile para desenvolver soluções inteligentes para as cidades, incluindo um projecto de estacionamento inteligente que reduziu o congestionamento de veículos em 10%.

Para que a transformação digital se fixe em toda a região é crucial que a a banda larga siga crescendo de maneira contínua.

A banda larga ainda está abaixo de 50% na maioria dos países da América Latina. A boa notícia é que os provedores de serviços, agora possuem uma gama mais ampla de opções tecnológicas comprovadas, rentáveis e mais efetivas para estender seus serviços a comunidade empresarial.

No SES Networks, temos atualizado recentemente nossa capacidade de satélites de alto rendimiento na região, o que permite a nossos sócios proveedores de serviços chegar a áreas sub-atendidas, melhorar a adaptação da rede e capacitar aos usuários finais com tecnologias digitais.

Por isso, convidamos a todos a unir-se a nosso seminário web: “Aceleração de Crescimento em Serviços Corporativos”, para aprender sobre as oportunidades para ajudar aos clientes empresariais a que seu negócio prospere através dessa nova transformação digital.


Written on 09 Aug 2018

Share