Category: Video

Region: Middle East, North America, América Latina, Europe, Asia, Africa

Translations: en, fr, de, es, pt

2 min read

O Futuro das Antenas Parabólicas Domésticas - O útil pode ser bonito

Written on 07 Feb 2019


O princípio fundamental do design moderno é que a forma tenha uma função. Isso não significa que devemos ignorar a forma completamente – mas é exatamente isso que parece ter acontecido com a antena parabólica doméstica. Com um design que mudou pouco nos últimos 40 anos, as antenas parabólicas mostram a nossa vida através das cidades, subúrbios e do campo. Existem mais de 300 milhões de antenas em todo o mundo e todas são mais ou menos parecidas. Poucos consideram o design particularmente bonito. O princípio fundamental do design moderno é que a forma tenha uma função. Isso não significa que devemos ignorar a forma completamente – mas é exatamente isso que parece ter acontecido com a antena parabólica doméstica. Com um design que mudou pouco nos últimos 40 anos, as antenas parabólicas mostram a nossa vida através das cidades, subúrbios e do campo. Existem mais de 300 milhões de antenas em todo o mundo e todas são mais ou menos parecidas. Poucos consideram o design particularmente bonito. 

Reconhecendo o impacto visual que as antenas parabólicas domésticas têm no espaço público, desafiamos os alunos das principais escolas britânicas de design industrial a criar uma antena parabólica com o objetivo de que o produto pode ser bonito e útil ao mesmo tempo. As recentes tendências de consumo mostram um foco maior na estética de produtos eletrônicos. Os consumidores estão dispostos a gastar mais em equipamentos para atividades ao ar livre e nos dispositivos que melhoram suas vidas em casa. Explorar maneiras de transformar a antena parabólica doméstica em mais um item que faça parte de um estilo de vida seria um exercício interessante para estimular a discussão na indústria e atrair designers para ajudar a transformar um objeto que vemos todos os dias. 

Um design bem-sucedido deve combinar a função técnica com a forma, o material e a estética – transformar a recepção de satélite em algo tão impressionante visualmente quanto tecnologicamente. Nós ficamos impressionados com o número e a criatividade dos envios recebidos.

Concedemos o primeiro lugar do desafio a Shudong Deng por seu design “Dragon”. Shudong é um estudante chinês da Imperial College London. Robert Edwin Rouse, um estudante britânico da Royal College of Art, ficou em segundo lugar com seu conceito “Blossom”, e Julian Goldman, um estudante americano do Pratt Institute, ficou em terceiro lugar com seu design “Calla”.

Dish Design Competition award ceremony

Esta primeira iniciativa já começou a sensibilizar a indústria para novas possibilidades estéticas das antenas parabólicas. Nosso próximo passo será trabalhar em uma agência de design industrial para explorar novas direções de design e funcionalidades que possam melhorar a experiência de assistir à televisão. Mais adiante no processo de desenvolvimento, trabalharemos com um fabricante de antenas de satélite para desenvolver esses projetos em protótipos em pleno funcionamento e, em seguida, encontrar o operador ou provedor de serviços ideal para lançá-los no mercado.

Assista ao vídeo para uma prévia de como as antenas parabólicas poderiam parecer em um futuro próximo. Ou entre em contato conosco para discutir parcerias para produção.


Written on 07 Feb 2019

Share