Category: Networks

Region: América Latina

Translations: en, es, pt

2 min read

Aprenda mais sobre a tecnologia que permite manter a conexão de banda larga em regiões afetadas por desastres naturais

Written on 09 Aug 2018


Inovação permite que comunidades acessem à internet com qualidade de fibra em momentos de emergência

 

No segundo semestre do ano passado, durante a temporada de furacões, vários países da região do Caribe, principalmente Porto Rico, foram severamente afetados por fortes ventos que atingiram 295 km/h. As rajadas violentas do furacão Irma fizeram com que ele atingisse a categoria mais alta na escala Saffir-Simpson, reservada para furacões com ventos acima de 249 km/h.

O Peru também sofreu grandes impactos no ano passado devido ao fenômeno conhecido como El Niño Costeiro, que causou tempestades intensas no país, deixando milhares de pessoas ilhadas em áreas alagadas, bem como estradas bloqueadas e pontes destruídas.

Em cenários como esses, o colapso das estruturas de energia é inevitável e a capacidade de comunicação é totalmente comprometida. Empresas têm trabalhado para desenvolver soluções que possam contribuir para restabelecer a capacidade de comunicação em áreas afetadas por desastres naturais, permitindo a troca de informações básicas e a possibilidade de entrar em contato com os entes queridos atingidos.

Esse é o caso da SES Networks, empresa líder mundial em operação de satélites, que desenvolveu uma tecnologia chamada solução FastConnect, que por meio de parcerias com outras empresas - como com o Projeto Loon da X, empresa da holding Alphabet (também proprietária do Google), para colocar Porto Rico e Peru online - permite restabelecer conectividade em regiões devastadas.

O serviço de Internet FastConnect pode estar disponível dentro de 48 a 72 horas a partir do momento de interrupções de fibra, fornecendo conexão de internet de alta velocidade via satélites. Por exemplo, após uma grave interrupção de fibra que afetou todas as comunicações coma Guiana Francesa em 4 de março de 2018, a SES Networks conseguiu restaurar 400 Mbps de tráfego crítico poucas horas depois de ser contatada pela Digicel. Apesar da interrupção, os clientes da Digicel tiveram outra maneira de acessar à Internet de alto desempenho em todos os momentos por meio da frota de satélites O3b MEO.

A SES Networks e a Digicel conseguiram encontrar soluções não convencionais que ajudaram a superar os desafios enfrentados ao tentar instalar e executar o serviço FastConnect, reunindo a logística e a engenharia necessária para uma rápida reviravolta.

É importante destacar que esse tipo de serviço não está disponível apenas em épocas de catástrofe, mas também para fornecer serviços de Internet em grandes eventos esportivos e de entretenimento, ou mesmo para fornecer aumentos temporários no tráfego da rede.

Omar Trujillo, Vice-Presidente de Vendas para a América Latina da SES Networks, explica que o serviço de Internet FastConnect é perfeito para conectividade de baixa latência e alto desempenho. "Usando uma combinação de conectividade por satélite GEO (Geostationary Earth Orbit) e MEO (Medium Earth Orbit), os recursos da SES permitem esforços rápidos de ajuda humanitária e oferecem suporte às necessidades imediatas de socorristas e comunidades afetadas. Esta solução flexível é ideal para permitir videoconferência de alta definição, streaming,  backhaul celular, serviços baseados em nuvem e banda larga de alta velocidade em locais onde a infraestrutura é inexistente ou destruída”, conclui o executivo.


Written on 09 Aug 2018

Share